Fale conosco pelo WhatsApp

Artroplastia Total do Tornozelo (Prótese de tornozelo)

Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

A artroplastia total do tornozelo consiste na substituição de uma articulação doente por uma prótese metálica capaz de manter sua mobilidade.

A artroplastia total do tornozelo é uma técnica de substituição da articulação do tornozelo por uma prótese metálica, restaurando assim a capacidade funcional da articulação mantendo sua mobilidade. A intervenção normalmente é indicada em casos de osteoartrose, uma doença degenerativa que leva ao desgaste da superfície articular e destruição da cartilagem, fazendo com que o paciente sinta dor e dificuldade para apoiar o pé no solo.

O objetivo da artroplastia total do tornozelo é melhorar os desconfortos sentidos pelo paciente e promover qualidade de vida, além de permitir maior estabilidade e movimentação articular. A necessidade de realizar a substituição de tornozelo deve ser sempre avaliada por um ortopedista especializado, sendo recomendada quando outras metodologias terapêuticas não são capazes de trazer resultados satisfatórios.

Entenda a anatomia do tornozelo

O tornozelo é composto pela união dos ossos da perna (tíbia e fíbula) e o osso do tálus, localizado no pé, formando uma articulação que permite a flexão plantar e a flexão dorsal do pé — que são os movimentos de apontar a ponta do pé para cima ou para baixo. Diversos ligamentos trabalham juntos para proporcionar flexibilidade em várias direções, mas limitando os movimentos extremos, de modo a evitar luxações.

Esta articulação é responsável por permitir a manutenção do equilíbrio em terrenos irregulares, possibilitando movimentos como caminhar, correr, agachar e pular. O tornozelo também absorve o impacto do corpo contra o solo, estimulando a ação muscular e demais articulações do organismo.

O tornozelo, portanto, está em constante movimentação e suporta elevadas cargas a todo momento. Como consequência, esta é uma articulação que está bastante sujeita a sofrer lesões como luxações, entorses e fraturas. Além disso, esta região do corpo pode ser bastante afetada por doenças degenerativas que levam ao desgaste severo e incapacitante, como a osteoartrose.

O que é a osteoartrose de tornozelo?

A osteoartrose é uma doença crônica bastante comum entre a população geral, e caracteriza-se pelo desgaste das cartilagens — o tecido de proteção das extremidades ósseas. Esta é uma alteração que se desenvolve de maneira progressiva, e pode ser decorrente de lesões ligamentares ou fraturas. Doenças reumáticas e metabólicas, como gota ou artrite reumatoide, também podem levar à condição.

Também chamada simplesmente de artrose, esta é uma doença degenerativa que piora com o passar do tempo, fazendo com que o paciente sinta dores intensas e incapacitantes, podendo chegar a um quadro de perda dos movimentos da articulação. A doença acomete pessoas de todas as faixas etárias, mas principalmente pessoas mais jovens, em período de vida mais ativo, com idade entre 30 e 60 anos.

A artroplastia total do tornozelo é indicada nos casos em que a patologia é considerada avançada, causando dores e prejudicando severamente o cotidiano e a qualidade de vida do paciente.

 

Fontes:

Saito, Guilherme Honda et al. Short-Term Complications, Reoperations, and Radiographic Outcomes of a New Fixed-Bearing Total Ankle Arthroplasty. Foot Ankle International 2018. doi:10.1177/1071100718764107.

Saito, Guilherme Honda et al. Total Ankle Replacement With Advanced Varus and Valgus Deformities. Techiniques in Foot Ankle Surgery. 2018. doi:10.1097/BTF.0000000000000198.

Daniels TR et al. Intermediate to Long-Term Outcomes of Total Ankle Replacement with the Scandinavian Total Ankle Replacement (STAR). J Bone Jt Surg Am. 2015. doi:10.2106/jbjs.n.01077.

Como podemos te ajudar?

Nossa devoção se mostra no atendimento integral que prestamos aos nossos pacientes. Todos nós do consultório Dr. Guilherme Honda Saito estamos comprometidos com nossa missão: ajudá-lo a ter uma vida mais saudável.